Vida nova na Itália

E o blog Gringos Brasileiros está novamente em atividade! Depois de praticamente um ano sem publicar nenhum texto, estou de volta para contar algumas das minhas experiências mundo afora. Completei 1 ano de intercâmbio em Dublin com sucesso, progresso no inglês, bastante trabalho (principal razão pela qual me ausentei do blog) e muita diversão! Mas decidi não renovar o visto e partir rumo a uma nova jornada, num país desconhecido e tentar aprender um novo idioma. Benvenuto in Italia!

ac7b2ebe-8d58-4ccb-89a4-4ec1a09ecaea

A cidade é Palermo, principal da ilha Sicília, região sul da Itália. O propósito aqui é um trabalho voluntário que consegui pelo site workaway.info (já foi publicado um texto pelo Felipe Lovison falando desse assunto). Mais ou menos um mês antes já fui entrando em contato com alguns projetos que me pareceram interessantes. Tive uma resposta positiva do Martino, proprietário de um pequeno hostel aqui no centro histórico da cidade. Combinamos as datas e cheguei aqui no dia 4 maio de 2016.

Confesso que estava um pouco preocupado no aeroporto ao passar pela imigração italiana, apesar de muitos já terem me falado que seria tranquilo. Mesmo assim, bateu um pequeno nervosismo porque eu não tinha passagem de volta (pra lugar nenhum, porque ainda não sei exatamente pra onde vou depois que terminar meus planos aqui) e também porque o trabalho voluntário pode não ser visto como uma coisa aprovada legalmente pelas autoridades. Mas, apesar de tudo, o funcionário apenas pegou o meu passaporte, passou no leitor e deu o carimbo, sem fazer nenhuma pergunta, talvez por eu já estar dentro do território europeu.

Do aeroporto até o hostel peguei um ônibus, trajeto de uns 50 minutos, afinal aeroportos sempre são longe de tudo. Fui seguindo o caminho que o dono do hostel tinha me falado, mas não estava conseguindo achar. Então tive que pedir informação, coisa que pra mim já é uma tortura de se fazer, imagina num idioma que não domino! Mas, misturando um pouco de inglês com italiano, achei o local, ufa… Admito que minha primeira impressão não foi boa, é uma vizinhança bem pobre e não é bonita. O hostel não tem entrada nem recepção, apenas uma porta, que dá acesso a outras casinhas e sobe umas escadas até chegar na acomodação. Nada de luxo. Mas por dentro é bem bonitinho e ajeitado, como vocês podem ver nas fotos.

34   65

O dono e a mãe dele (italianos) moram dentro, cada um com seu próprio quarto. Eu e o outro voluntário, que é argentino, dormimos num dos quartos, onde também ficam os hóspedes que pagam. Todos são muito legais, receptivos e alegres, transmitindo uma boa energia pra casa. Claro, mesmo assim os primeiros dias não estão sendo fáceis, não conheço ninguém aqui (enquanto em Dublin tinha dezenas de amigos), sou básico na língua italiana (quando cheguei na Irlanda já sabia falar inglês), mas o sofrimento também faz parte do crescimento.

Um dia depois da minha chegada, já comecei a trabalhar. Coisas bem simples, começamos às 8h da manhã, arrumando o café na mesa, ficamos pela cozinha ajudando os hóspedes com o que precisarem, depois limpamos a área. Então eu e o outro voluntário dividimos as tarefas: são dois quartos e dois banheiros para limpar, cada um fica com um e algumas áreas comuns do hostel. Se alguém está de saída, trocamos os lençóis e forros de cama e botamos para lavar na máquina. Quando está mais tranquilo, fazemos algumas limpezas a mais (terraço, vidros, etc.). Por volta do meio-dia já terminamos tudo e temos o restante do tempo livre. Então é bem vantajoso, dando esse pequeno auxílio de trabalho em troca de acomodação e algumas refeições.

49     35

O motivo de eu ter escolhido a cidade de Palermo é por ser na costa e ter praia aqui, além de sol, calor e verão de verdade (bem o oposto do lugar que eu estava antes rsrs), além do fato de os italianos da região sul serem mais receptivos que os do norte. Estou apenas no começa dessa jornada, mas pretendo publicar mais textos daqui pra frente e mostrar um pouco de como é ser um gringo brasileiro aqui na Europa. Ciao a tutti!

f90af262-5b66-4371-beed-28501cca4352

 

Anúncios

2 comentários sobre “Vida nova na Itália

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s